BLOG BE SMART

PLAYLISTS FITNESS

11/05/2017 - 05:14

As cidades do Brasil que mais ouvem playlists fitness no Spotify! Confira se seu município está na lista e de quebra conheça um set top para o seu treino:

thinkstockphotos-505414534-e1494356874264 (1)

 

Você é do time que ama malhar com músicas animadas? Nós também! E que bom: estudos já demonstraram que um bom som pode dar mais motivação para o treino, além de deixar a atividade física mais divertida.

Recentemente, o Spotify fez um levantamento para analisar as preferências dos usuários e descobriu em quais cidades brasileiras as pessoas mais ouvem playlists fitness.

Para criar o ranking, o serviço de streaming investigou os 100 municípios que mais usam o aplicativo no país (tanto no celular quanto na web) e, a partir daí, fez um recorte dos locais onde as seleções de músicas feitas especialmente para malhar são mais populares.

Quer saber se o lugar onde você mora está no top 10? Veja a seguir:

1. São Paulo (SP)

2. Presidente Prudente (SP)

3. Americana (SP)

4. Rio Branco (AC)

5. Indaiatuba (SP)

6. Serra (ES)

7. Rio De Janeiro (RJ)

8. Salvador (BA)

9. Duque De Caxias (RJ)

10. Blumenau (SC)

Quer sugestão de playlist? Só clicar aqui! ;)

HORA DE FALAR SOBRE A ATEMOIA

05/05/2017 - 08:31

Ainda pouco popular, ela surpreende pelo teor de nutrientes. Cientistas estudam seu papel contra o câncer e doenças cardiovasculares.

atemoia

 

A engenheira agrônoma Maria Rosa Moraes submeteu a atemoia a um raio X em seu trabalho de doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). “A casca dessa fruta tem dez vezes mais compostos fenólicos do que a polpa”, desvenda a pesquisadora. Esses elementos são famosos por combater radicais livres e, assim, dar uma força na prevenção de várias doenças – de males cardíacos a câncer. Já as sementes exibem alto teor de gorduras boas.

Enquanto não se encontra uma forma de aproveitar essas partes na cozinha, o recado é apostar na polpa, doce, saborosa e nutritiva. “Além de apresentar uma quantidade significativa de compostos fenólicos, ela possui quase tanto potássio quanto a banana”, afirma Maria Rosa. Está aí um mineral que auxilia na contração muscular e no controle da pressão arterial. Sem falar no cobre, também ostentado pela polpa, que participa da formação de enzimas envolvidas na manutenção do corpo.

Perfil completo

Origem: Flórida (Estados Unidos)

Ano de nascimento: 1907

Pai e mãe: a atemoia é resultado de um cruzamento entre a fruta-do-conde e a cherimoia

Clima preferido: ameno. Nem frio nem quente

Quando chegou ao Brasil: 1950

Maior produtor por aqui: estado de São Paulo

 

 

Fonte: Revista Saúde

 

PAPO FIT

28/04/2017 - 05:20

Se você sonha em correr uma prova de rua mas ainda não tem fôlego para encarar os primeiros quilômetros, a caminhada pode ser sua grande aliada!

thinkstockphotos-539371278

 

1. Preparo das articulações
Do mesmo jeito que você não deve fazer seu primeiro agachamento com uma barra nas costas, o treino de corrida também precisa ser mais leve no início. “A caminhada funciona muito bem para quem está acima do peso ou tem alguma restrição, já que ela não sobrecarrega tanto as articulações”, recomenda Rodrigo Xavier, treinador da RX Assessoria Esportiva, de Campinas (SP). Aos poucos, você vai adicionando à planilha períodos de trote, por exemplo: 30 segundos de corrida + 1 minuto andando. “Priorize o volume do exercício, e não a intensidade.”

2. Menos peso
Sim, andar também emagrece! “Para isso, você tem que caminhar pelo menos cinco vezes por semana em ritmo de moderado a forte”, indica Bruno Gualano, professor da Escola de Educação Física e Esporte da USP. Dá para dividir as sessões ao longo do dia – o trajeto para o trabalho, uma volta na quadra na hora do almoço… –, desde que a intensidade seja mantida (nada de conversar com a amiga como se estivesse passeando no shopping, hein?).

3. Corpo mais saudável
Diversos estudos já comprovaram que caminhar ajuda a controlar a hipertensão, favorece o bom humor, melhora a densidade dos ossos e fortalece o coração. “Por aumentar a sensibilidade à insulina, esse tipo de exercício previne o desenvolvimento de diabetes do tipo 2 e até reduz a necessidade de medicamentos no caso de pacientes com a doença”, diz a médica do esporte Flávia Meyer, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

 

Fonte: Revista BF

AGRADECIMENTO ABRADILAN 2017

24/03/2017 - 07:03

Em nome de todo #TEAMSMART, agradecemos pela presença de todos em nosso stand 93.

Agradecimento_Abradilan_2017

ABRADILAN 2017

13/03/2017 - 01:42

Hoje temos um convite especial para nossos Lojistas e Distribuidores, venham nos visitar na ABRADILAN 2017

Convite_Abradilan_2017

 

SEMANA DA MULHER

06/03/2017 - 03:53

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher (08 de março), lançamos promoções incríveis no Nature Store, confira!

Promo_Nature_Store_Semana_da_Mulher

CARNAVAL SEM SUSTOS

24/02/2017 - 01:18

Carnaval: estratégias para sobreviver à folia sem imprevistos! Evitar os danos causados pelo sol, hidratar-se e planejar a fantasia são atitudes essenciais para curtir o bloquinho sem problemas.

thinkstockphotos-636296792

1. Proteja-se do sol

Cuidado com a insolação! Vale fazer um pit stop de hora em hora em algum cantinho com sombra. Se a pele ficar vermelha e você começar a sentir fraqueza, volte para casa. Repouso, hidratação e compressas geladas devem aliviar os sintomas, mas, se tiver febre, procure um médico.

2. Use filtro solar

De preferência, escolha um protetor com FPS acima de 50 e textura em gel (os oleosos atrapalham a transpiração, o que pode causar brotoejas). Reaplique a cada três horas (ou menos, se você estiver suando muito), principalmente nas áreas mais expostas ao sol, como rosto, ombros, nuca, braços e peito do pé.

3. Teste sua fantasia

Para ter certeza de que não vai incomodar nem machucar nenhuma parte do corpo, como as axilas e outras áreas de contato.

4. Peça água!

Manter-se bem hidratada é fundamental tanto para não ter uma insolação quanto para evitar uma ressaca se você estiver consumindo bebidas alcoólicas. Prefira água de coco, rica em sais minerais, especialmente potássio (evita câimbras) e sódio.

 

SEM SABOTAR A DIETA

16/02/2017 - 10:55

Como lidar com pessoas que sabotam sua dieta? Manter por perto amigos que apoiam e compreendem o processo de perda de peso é essencial para alcançar seus objetivos.

thinkstockphotos-544655570

 

Se você já passou por um processo de perda de peso, é provável que tenha ouvido comentários pouco encorajadores como “Mas você só vai comer isso?” ou “Você não sente fome o dia inteiro”?. A forma como o círculo social em que vivemos interfere de forma negativa, consciente ou inconscientemente, na luta daqueles que estão tentando emagrecer é justamente o foco de um novo estudo da Universidade do Estado da Carolina do Norte, nos Estador Unidos.

Na pesquisa, todos os voluntários (21 mulheres e 19 homens) que perderam quantidades significativas de peso (cerca de 35 kg) relataram conviver com alguns indivíduos que tentavam sabotar seus esforços e resultados.

“Muitas vezes, quando alguém perde peso, os esforços dessa pessoa são minimizados por amigos, familiares ou colegas de trabalho, que fazem observações sarcásticas sobre hábitos alimentares saudáveis ou dizem que eles vão ganhar todo o peso de volta”, explicou Lynsey Romo, professora da universidade e principal autora de um artigo que descreve o estudo.

No experimento, também foram examinadas as estratégias dos participantes para evitar o desconforto causado pelos ataques negativos e introduzir o processo de emagrecimento de modo mais confortável em seus círculos sociais. Os voluntários usaram as seguintes táticas para manter seus esforços de perda de peso:


  • Dizer às pessoas de antemão sobre a vontade de emagrecer, explicando as razões pelas quais queriam fazer isso.

  • Explicar que eles não esperavam que amigos e familiares adotassem hábitos alimentares semelhantes. (Eles diziam “Vou pegar uma salada, mas você pode pedir o hambúrguer ou o que você quiser.”)

  • Comer os mesmos alimentos do restante do grupo social nos “dias de lixo” (naqueles em que estavam liberados para sair da dieta).

  • Ingerir alimentos não-saudáveis nas saídas em grupo, mas em porções menores.

  • Aceitar alimentos, mas não comê-los (Por exemplo, receber um pedaço de bolo de aniversário de um colega do trabalho, mas depois se desfazer dele).

  • Deixar claro que não julgam os outros por seus hábitos alimentares.

  • Descrever sua motivação perda de peso como algo relacionado à saúde, a ter mais energia ou estar treinando para uma corrida.

  • Evitar situações sociais envolvendo comida.

  • Sugerir passeios para socializar em vez de jantares e reuniões com comida.

  • Recusar convites para sair para comer porque “não estavam com fome.”

  • Alegar alergias alimentares quando não queriam comer algum alimento.


Alguns participantes ainda falavam de forma assertiva quando pressionados por pessoas de seu círculo social, dizendo, por exemplo: “Está é uma decisão minha”. Outros também escolheram sair apenas com os amigos mais solidários e que entendiam melhor suas decisões.

“Em geral, o estudo destacou como as relações são importantes para fazer mudanças de estilo de vida efetivas – e a importância da comunicação para conduzir esses relacionamentos“, concluiu Linsey.

 

Fonte: Revista BF

ANTERIOR    1    2    3    4    5    6   ...   25   PRÓXIMA

VENCEDOR TOP BLOG 2012

Blog Smart Life Vencedor Top Blog 2012

BUSCA

CATEGORIAS

ARQUIVO

FACEBOOK

TWITTER

INSTAGRAM