BLOG BE SMART

SNACK NO MEIO DO DIA?

07/12/2016 - 08:24

Talvez, você não esteja cumprindo a meta diária de consumo de calorias por causa daquela guloseima inocente depois do almoço.

donut-trabalho

 

Quando a dieta não funciona, desconfie de alguns prováveis culpados: aquela balinha que você chupou na sala de espera do médico, o donut no meio da tarde e outros pequenos extras nem sempre computados. Uma pesquisa com 1 500 britânicas revelou que, em média, elas ingerem 146 mil calorias “não intencionais” por ano, o equivalente a 608 barras de chocolate. Mesmo aquelas que juram limitar o cardápio a 1 800 calorias diárias vão além: batem fácil nas 2 200 calorias – diferença que repercute no peso.

“Para evitar essas armadilhas, faça um teste: anote tudo o que você come ou bebe ao longo de 24 horas, sem pular a inocente balinha”, orienta a nutricionista Ludimila Gouvêa, da clínica Andréa Santa Rosa Garcia, no Rio de Janeiro. Fazer refeições equilibradas nos horários certos e carregar snacks saudáveis para aliviar a fome fora de hora são estratégias para evitar as calorias extras.

 

Fonte: Revista BF

CORREDORA EM 2017

29/11/2016 - 08:20

Se sua resolução para o ano novo inclui completar os primeiros quilômetros ou chegar mais longe na corrida, nós vamos ajudar você!

thinkstockphotos-611288306

Você passou o ano inteiro vendo as amigas completarem provas de rua e agora também quer fazer parte deste universo. Se o seu objetivo para 2017 é se tornar uma corredora – ou pelo menos começar a correr –, então temos 9 dicas simples para começar a colocar em prática já e ajudá-la a bater sua meta no ano que vem!

1. Encontre um objetivo
Quando você tem um foco, é mais fácil manter os olhos no alvo e ficar firme durante o ano. Procure motivar-se compartilhando sua meta com seus amigos e família, lendo sobre o que pode te ajudar, deixando lembretes no seu celular ou pela casa… Manter-se interessada é essencial para não desistir.

2. Invista em um bom par de tênis
Esse é o ponto principal para manter seus pés e articulações saudáveis. Correr com o par certo vai fazer você se sentir muito mais confortável durante as passadas, o que ajuda a ir mais longe. Não se esqueça de fazer o teste da pisada e pesquisar os modelos antes – o tênis perfeito para a sua amiga pode não ser o melhor para você.

3. Segure a animação
Depois de alguns treinos, pode ser que você queira comprar tudo o que vir pela frente sobre corrida – “Nossa, que lindo esse colar de corredora!” – incluindo dezenas de tops, leggings e os mais diversos acessórios. Mas vá com calma e deixe que o esporte (e os produtos relacionados a ela), entrem na sua vida gradativamente.

4. Inicie um programa

Experimente um programa que vá da caminhada até a corrida para aumentar o ritmo aos poucos. Ele vai te ajudar a construir confiança e resistência, além de mantê-la no caminho certo para aumentar a distância.

5. Não apresse os resultados
Se você nunca correu antes, provavelmente não vai conseguir completar 5 quilômetros na primeira semana, e isso é normal! Não deixe que o ritmo do progresso te desanime, mas pense no quão longe conseguirá chegar se mantiver a consistência nos treinos.

6. Aposte nas músicas
Confira as nossas playlists no Spotify ou crie suas próprias. Músicas boas (no ritmo certo) podem fazer uma enorme diferença no seu treino do dia!

7. Varie os treinos
Exercícios funcionais e musculação são grandes aliados na corrida. Os treinos de força podem melhorar o seu desempenho e ainda ajudam a prevenir lesões.

8. Baixe aplicativos
Faça o download de um aplicativo que mostre o ritmo e a distância de cada treino. Assim, você sempre poderá acompanhar o seu progresso.

Veja também: Estes 5 aplicativos vão lhe dar motivação extra para se exercitar

9. E se tudo falhar…
Renove as metas, afinal, se o seu objetivo é um sonho, ele não dever ter data de expiração. Seja gentil com seu corpo e conheça seus limites.

 

 

Fonte: Revista BF

BLACK NOVEMBER

03/11/2016 - 12:34

Chegou a hora! Conheça nossas promoções exclusivas para este mês de Novembro, confira e não perca tempo

popup

MAIS PIQUE NO HIIT

27/10/2016 - 05:34

Ouvir música durante o treino HIIT dá mais pique! Pesquisa canadense constatou que pessoas que curtem um som durante o exercício se sentem mais dispostas, saiba mais!

thinkstockphotos-611288538

 

Apostar nos fones de ouvido durante a malhação pode ser uma pedida e tanto para quem quer mais motivação na hora de se exercitar – principalmente se você é adepta do HIIT, treino intervalado de alta intensidade. É o que aponta um novo estudo da Universidade de British Columbia, no Canadá, que recrutou 20 participantes novatos nessa modalidade para treinar com e sem música em uma estação de spinning. As sessões incluíam de 4 a 6 intervalos de 30 segundos de pedaladas bem intensas, separados por até 4 minutos de descanso.

Todos saíram da aula se sentindo bem, mas aqueles que curtiram o ritmo e as batidas durante a atividade tiveram uma atitude ainda mais positiva do que os que não contavam com uma playlist disponível. A explicação está no fato de que a música melhora a disposição na hora do exercício, de forma que a sua percepção do esforço físico muda. E, pelos achados dos estudiosos canadenses, dá até vontade de fazer a aula novamente!

De acordo com os pesquisadores, no caso do HIIT, isso é importante porque, por ser uma modalidade bem intensa, pode acabar desmotivando algumas pessoas. Daí a ideia do estudo: buscar uma maneira de transformar a aula em algo tão prazeroso a ponto de os participantes quererem repetir a dose.

E se você não curte ouvir música enquanto treina, vale apostar nessa modalidade mesmo assim. “Um artigo recente mostrou que 10 minutos de HIIT três vezes na semana já oferecem benefícios significativos para a saúde”, afirma Matthew Stork, um dos autores da pesquisa. Entre as vantagens dessa modalidade estão o emagrecimento e um coração mais saudável. E aí, vai encarar? Bote o fone e se jogue!

 

Fonte: Revista BF

MENOS CARBO?

18/10/2016 - 05:24

Se você está restringindo os carboidratos para perder alguns quilinhos, tome cuidado para não cometer deslizes comuns! Confira alguns erros que você pode estar cometendo...

macarrc3a3o

Ter que diminuir a quantidade de carboidratos para emagrecer é uma tarefa árdua, mas funciona para muitas pessoas, daí o grande sucesso das dietas low carb. Se você também faz parte dessa turma e está cortando carboidratos para perder alguns quilos, tome cuidado para não cometer estes erros comuns:

Cortar completamente as fontes desse nutriente: Pense no seu corpo como um carro: o combustível são os carboidratos. Nada funciona sem eles! Na falta desse nutriente, você vai se sentir cansada, lenta e irritada. Além disso, uma dieta muito radical pode fazer com que a vontade de atacar a primeira guloseima que aparecer na sua frente aumente. E aí, já viu: calorias a mais na conta.

Não comer os carboidratos certos: Nem todos os carboidratos são iguais: existem os simples e os complexos. Os primeiros são absorvidos rapidamente pelo organismo e estão presentes, por exemplo, no pão branco, em biscoitos e em bebidas açucaradas. Já os complexos – mais indicados para quem deseja emagrecer – estão nos alimentos integrais e em vegetais como a batata-doce e a mandioca e são digeridos mais devagar por conterem fibras. O resultado disso é mais saciedade.

Não controlar as porções: Um alimento com baixa quantidade de carboidratos não significa que também tem poucas calorias. Então, só porque você está maneirando no arroz, no macarrão, no pão e na batata não significa que está liberado exagerar no consumo de outros alimentos. Por exemplo: carnes magras, frutas e legumes também podem prejudicar a sua dieta se forem ingeridos em excesso. Observar o tamanho da porção, portanto, é muito importante quando se trata da perda de peso.

 

Fonte: Revista BF

SUPERAÇÃO

13/10/2016 - 06:12

Para você que vai encarar a primeira corrida de obstáculos, confira 8 conselhos valiosos para encarar lama, arame farpado e fogueira!

mulheres-corrida-obstaculos

 

Imagine uma corrida em que você tenha que rastejar por baixo de arame farpado (e com o rosto enfiado na lama), escalar muros, pular dentro de uma água congelante e ainda atravessar uma "floresta" de fios desencapados. Parece programa para lunáticos, mas muitas pessoas sensatas – como eu e você – estão viciadas na adrenalina que essas provas de obstáculos proporcionam. "Cada estação representa um novo desafio a ser superado. Então, a todo momento, você sente aquele prazer de missão cumprida", diz o personal trainer Pedro Jordano, um dos atletas brasileiros mais experientes na área.

As competições se diferenciam entre elas. Em algumas, você vai precisar de mais controle psicológico – para saltar uma fogueira ou superar o medo de altura, por exemplo –, e em outras o segredo é ter bastante resistência física. Quem não conseguir – ou não quiser – passar por um dos desafios tem que pagar de 15 a 30 burpees antes de seguir em frente. A ideia não é punir o participante, mas incentivá-lo a tentar. Claro, tudo isso sem se machucar. As maiores organizações (como a Bravus Race, a Iron Race e a Spartan Race) contam com uma grande equipe que dá aquela mão amiga aos inscritos.

Se você tem vontade (e coragem!) de começar a praticar a modalidade, reunimos algumas dicas que vão ajudá-la a entrar nos treinos preparada e pronta pra vencer!

Confira:
1. Informe-se sobre a prova para saber que tipo de obstáculos você vai enfrentar. Procure vídeos e depoimentos de quem já participou.
2. Inscreva-se nas primeiras baterias do dia, que costumam ser mais vazias.
3. Monte uma equipe de seis a oito pessoas.
4. Se estiver sozinha e precisar de ajuda em alguma etapa, não sinta vergonha em pedir uma mãozinha a um desconhecido. Esses eventos estimulam o trabalho em grupo!
5. Use calça e blusa de mangas compridas para evitar arranhões. E lembre-se: a lama pode estragar sua roupa.
6. As luvas de mergulho, quando molhadas, não escorregam e são muito úteis na hora de escalar muros e puxar cordas.
7. Deixe acessórios como anéis e brincos em casa.
8. Vá com um tênis de corrida de trilha para não escorregar na lama (calçados comuns acumulam o barro na sola, o que deixa seu pé bem mais pesado)

 

Fonte: Revista BF

PROMOÇÃO IMPERDÍVEL

15/09/2016 - 07:36

Está no ar uma ótima promoção com o DETOX CAPS: LEVE 2, PAGUE 1! Acesse agora mesmo: www.naturestore.com.br

B2C_Email_Mkt_Nature_Store_Promo_SCD

IOGA NA PISCINA

13/10/2016 - 05:21

Ioga na piscina é a nova tendência fit que você precisa conhecer! Já cansou das aulas tradicionais? Descubra como este método vai desafiar seu equilíbrio e fortalecer suas pernas, braços e core. Vem com a gente que é divertido!

ioga-na-agua

Imagine fazer as posições da sua aula de ioga com menos instabilidade. É possível quando você tem a ajuda da água! A H2yOga, modalidade desenvolvida pela americana Sue Gisser, mistura ioga com pilates e promete tonificar os braços, pernas, core, e acalmar a sua mente - assim que você pegar o jeito.

As diferentes aulas, com peso, movimentos dinâmicos e posições já conhecidas da atividade tradicional, costumam durar uma hora - tempo suficiente para você gastar muitas calorias e melhorar as habilidades.

Até mesmo quem tem experiência com a versão original vai se sentir desafiado pela H2yOga, já que a água acrescenta resistência, o que deixa os movimentos mais difíceis. Ficou animada para testar? Por enquanto, o método só existe nos Estados Unidos, mas já estamos ansiosas para que chegue no Brasil.

 

Fonte: Revista BF

ANTERIOR    3    4    5    6    7    8   ...   25   PRÓXIMA

VENCEDOR TOP BLOG 2012

Blog Smart Life Vencedor Top Blog 2012

BUSCA

CATEGORIAS

ARQUIVO

FACEBOOK

TWITTER

INSTAGRAM